Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Dia dos namorados Uatt?

Conhece a loja Uatt? É uma loja repleta de produtos diferenciados, desde papelaria até decoração, visitei o site a algum tempo e achei vários produtos legais e personalizados! Bom, o dia dos namorados está chegando e a Uatt? esta lançando alguns produtos fofos e exclusivos, olhem só essa lista:
Os produtos já estão disponíveis nas lojas Uatt? desde 13 de maio. São 70 unidades espalhadas por todo o Brasil. A loja virtual também é mais uma opção – www.lojauatt.com.br.  
E ai gostaram dessa lista?

Ela aprendeu a voar!

Imagem: Bruna Vieira
Ela queria apenas ser notada, nem que fosse uma vez... Mas as pessoas ignoravam sua existência. Ela se perguntava o que havia de errado consigo, apenas uma garota de óculos... Ser diferente é ruim? Ela sempre foi a “garota estudiosa”, era procurada por isso, nunca foi a mais bonita ou popular da turma, mas tinha um coração bom... De alguma forma ela sabia que aquela timidez toda podia atrapalha-la, mas muitas pessoas a deixaram assim... “Aquele cara” não a olhava da maneira que ela queria, ele preferia olhar batons vermelhos e corpos bonitos... Ela foi inconstante, vivia no mundo dos sonhos, pensava na fama, em ser reconhecida, queria viajar pra lugares diferentes, mas não podia... Ela adorava desenhar e escrever, e sonhava saber mais sobre moda.
Um dia ela saiu do casulo, cresceu e pode ver coisas novas, foi atrás do futuro que lhe aguardava. Ela se sentiu livre, disseram a ela o quanto era bonita, ela se amou e aprendeu a voar...
--

Com e sem você... Naqueles tempos.

Nos lugares que eu fui não te encontrei, os meus telefonemas você não atendeu, a campainha você ignorou... Doces sonhos que se foram porque você os jogou fora, e por quê? Por nada... Você queria curtir e eu queria algo sério, que pena não é? Hoje estou com 60 anos e olho para trás, lembro-me de tudo o que falou naquela época, suas palavras mentiam o que havia em seus olhos, seus abraços mudaram depois de um tempo, na mesma época que passou a me ignorar... Eu estava com 17 anos, foi uma doce paixão que duraram meses, daí eu percebi que tudo poderia ser diferente, que eu podia me amar mais do que você ‘dizia’ que me amava, vi que os bons sonhos podiam ser feitos por mim, olha só, aquela garotinha que você ‘não dava bola mais’ virou independente! Cresci, sonhei e busquei algo novo... Encontrei tudo o que queria com meu esforço, e você continua na solidão da mesma vida, só que o tempo passou e você me procurou, mas aprendi a dizer não, e era exatamente disso que você precisava para acorda…