Pular para o conteúdo principal

Texto: Querendo além da sua amizade

Eu te conheci naquele verão no colégio, você veio com um ar tão diferente dos outros garotos que eu tive a impressão de que ficaria perto por muito tempo. Lembro-me que suas mãos tocaram meu rosto aquele dia, seu olhar veio de encontro ao meu de maneira tão intensa que me recusei a acreditar que estava apaixonada pelo meu melhor amigo. Naquela tarde estávamos sozinhos, você tocando violão e eu apenas te obsevando, eu queria te abraçar e dizer as coisas que estavam no meu coração, mas o medo de te perder falava tão alto que eu já não sabia mais o que fazer, não sabia se sentia o mesmo por mim. Em um momento Você parou de tocar e me olhou fixamente, me conhecia o suficiente para saber que algo estava me incomodando, e no momento em que achei que iria te falar algo a campanhinha tocou e você saiu correndo em direção a porta, foi quando voltou aos risos  com uma carta de seu pai que dizia estar voltando para casa  após uma temporada de trabalho em outro país, você me abraçou  tão forte que eu não queria mais te largar, sua risada espontânea me fez querer sorrir também, seu cheiro amadeirado fez meu coração acelerar e como por impulso o apertei ainda mais, você parou de sorrir e se afastou um pouco,  me olhou por um momento com um olhar tão meigo foi então que nos aproximamos novamente,  mas desta vez, face a face nossos narizes se tocaram, pude sentir sua respiração acelerada,  e enquanto isso,  senti seus braços se entrelaçarem em minha cintura, corri as mãos pelos seus braços e te beijei. Você correspondeu. Momentos depois nós nos soltamos e eu te pedi desculpas, você estava visivelmente sem graça, mas disse exatamente o que eu queria ouvir: “Eu queria isso, a muito tempo.” E nossos lábios voltaram a se encontrar.
Estou escrevendo muito ultimamente, e vou começar a compartilhar mais por aqui, espero que gostem. Dê sua opinião nos comentários.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro: Não se apega não - Isabela Freitas + Melhores frases

Gosto demais do blog da Isabela Freitas, quem me apresentou ele foi uma amiga e quando eu soube que ela ia lança um livro fiquei muito curiosa cm o conteúdo, de início achei que fosse um dos romances que adorava ler, mas depois que terminei vi que era diferente. O livro começa com as 20 regras do desapego e só depois vem a história, achei bacana ela ter começado assim. A personagem tem as mesmas características físicas, o mesmo nome e é parecida em muitos aspectos com a autora, tanto que pareceu uma história de vida dela e não fictícia. 'Não se apega não' começa com um desabafo de uma garota que acaba um relacionamento que todos a sua volta jugavam perfeito, mas só ela sabia como estava vazia ficando com alguém que não gostava de verdade. O livro tem a característica de um diário onde a personagem Isabela conta seus dramas e escolhas depois daquele relacionamento e dá dicas de como desapegar do que não lhe serve mais. Isabela tem um melhor amigo chamado Pedro, que viaja logo a…

Penteados com trança

Quem ai gosta de tranças? \o Românticos, sofisticados ou despojados, podemos criar vários penteados com elas para diversas ocasiões. Trouxe para vocês algumas opções de penteados com tranças com algumas dicas:  Uma trança lateral na primeira foto e uma tiara de trança na segunda foto, mas a que eu mais gostei foi a trança lateral com cachos na terceira foto, ficou muito romântico! Na primeira foto: Uma trança com fios soltos que deixou o penteado mais despojado, quando for fazer é só soltar alguns fios. Na segunda foto: Cabelos para o lado e uma bela trança lateral. Na terceira foto: Trança lateral pro lado e um coque que deixou o penteado moderno.
A famosa tiara de tranças na primeira foto, ela é tendência e fica linda! Na segunda foto um penteado mais sofisticado, ótimo para noivas e festas de formatura. Na ultima foto o penteado é mais elaborado com uma trança 'soltinha' na parte de trás e cachos  presos abaixo #amei.

Gostaram das opções? Se vocês quiserem tutorial de algu…

Ombré Hair: 20 opções para inspirar

Antes de mudar meu cabelo em casa, eu pesquisei muito no google várias opções de Ombré Hair, achava todos tão lindos que ficava difícil decidir qual deles eu queria fazer, o mais importante foi procurar tons que combinassem com a minha pele, a altura das mechas para o meu tom de cabelo... Como sou parda optei por um tom de mel e adorei o resultado, mas claro que a questão da cor é pessoal ou você pode consultar um cabeleireiro que te ajude a chegar em um tom bacana pra você. Sei que muitas de vocês querem mudar o cabelo esse ano, então fiz uma seleção das imagens que busquei e também de outras para inspirar, confiram e depois me digam qual vocês escolheriam se aderissem a essa técnica: 
E ai, quem faria Ombré Hair?

Super beijo ♥